Tendências

Programa de Incentivo à Renovação de Frota de Caminhões Iveco é preferência entre profissionais

05 de fevereiro de 2013 - terça-feira | 19:42

Ainda na sua fase piloto, a Iveco já está com sua participação ativa no Programa de Incentivo à Renovação de Frota de Caminhões do Estado de São Paulo, na região portuária da cidade de Santos (SP). Dentro do primeiro lote de 10 caminhões que tiveram seus financiamentos aprovados em janeiro de 2013, oito são Iveco Stralis (nas motorizações com 360 e 400 cavalos de potência), o modelo pesado da montadora que teve sua nova versão Euro 5 lançada recentemente no Brasil. A entrega do primeiro Stralis está prevista para acontecer agora em fevereiro, e a meta do programa é financiar cerca de 1.000 caminhões novos.

“A proposta do programa paulista condiciona a entrada de um novo caminhão à retirada de um antigo, o que gera diversos benefícios ao meio ambiente. E nosso modelo Stralis Euro 5 é uma excelente escolha, pois faz parte da nossa nova geração Ecoline e traz soluções de motorização que reduzem a emissão de poluentes”, aponta Alcides Cavalcanti, diretor comercial da Iveco. “Além disso, o Porto de Santos, segundo projeção da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), espera um novo recorde de movimentação de cargas neste ano, com o volume de 109 milhões de toneladas, 5,8% a mais do que em 2012. Renovar a frota de pesados é fundamental para manter a economia girando sem parar”, acrescenta o executivo.

O Programa de Renovação de Frota do Estado de São Paulo começou em maio de 2012. Seu objetivo é modernizar a frota de caminhões por meio de linhas de financiamentos com recursos próprios da Desenvolve SP (agência estadual de fomento à economia). A linha de crédito é através do BNDES (0,25% ao mês), porém o governo estadual subsidia esses juros, e entrega uma taxa de 0% para o caminhoneiro. O prazo de financiamento chega até 96 meses (incluindo a carência máxima de até seis meses).

O público-alvo é formado pelos caminhoneiros autônomos da área de transporte que atuam no Porto de Santos. Para ter acesso aos financiamentos, o interessado deve ser associado ao Sindicam (Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista), e ter o seu veículo regularizado junto ao Detran/SP.

“O Sindicam já possuía esse projeto há dois anos, que nasceu baseado em programas semelhantes feitos em países como México e Estados Unidos. A Renovação da Frota pode iniciar uma profunda mudança no segmento de transporte, pois um novo caminhão mudará para melhor tanto a logística das operações no porto, como o perfil do próprio caminhoneiro, que terá um veículo moderno e produtivo para o seu dia-a-dia”, comentou Carlos Magalhães, coordenador de Marketing e Comunicação do Sindicam.

A escolha do novo caminhão é feita pelo próprio caminhoneiro.Também é obrigatório que, ao ter seu financiamento aprovado, o beneficiado encaminhe seu antigo veículo à reciclagem, feita por empresas licenciadas pela Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental). O programa aplicado em Santos, após avaliação dos resultados, poderá ser estendido para outras regiões portuárias do Brasil.

(EH)

Foto: Divulgação

icones de serviços Imprimir Enviar Favoritar

Deixe seu comentário

Para enviar seu comentário, cadastre-se ou faça o login

Comentários

Rogério diz...

Será que o Stralis 2013 vai conseguir convencer ? Barato ele é, tem que melhorar muito pra me agradar. Conheço esse caminhão e não me arrisco novamente.

Comentado em: 16/02/2013, 22:25