Notícias

Caminhão mais vendido do primeiro semestre, R440 se destaca aproveitando transição para o Euro 5

24 de julho de 2013 - quarta-feira | 17:03

por Leandro Tavares,
da redação para o Brasil Caminhoneiro

Há seis anos olhar a tabela de caminhões mais vendidos do Brasil é uma atividade sem grandes mudanças, principalmente quando observamos o topo, ocupado pelo Constellation 24.250. Em 2012, com a introdução do Euro 5, a situação descrita não foi tão diferente, sendo que o modelo Euro 3 se aproveitou bem das unidades restantes para seguir liderando o mercado. Este ano, ao que parece, tudo pode ser diferente.

Com 5.261 unidades comercializadas em 2013, cerca de 600 a mais que a versão Euro 5 do VW 24.250 (o VW 24.280), o R440, da Scania, é o caminhão mais vendido do primeiro semestre. É possível olhar o desempenho do mercado como um todo e supor que o resultado se deve à safra recorde, uma vez que o segmento de extrapesados cresceu 34% em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, o gerente executivo de Vendas de Caminhões da Scania Brasil, Victor Carvalho, dá motivos que vão além do agronegócio.

“Felizmente, com a introdução do Euro 5, introduzimos também o motor de 13 litros. O resultado que nós esperávamos e que todas as montadoras diziam sobre a economia de combustível era algo entre 5% e 7%. Com o R440 temos conseguido o 7% como mínimo, mas temos casos de até 10% de economia em relação ao veículo Euro 3″, explicou o executivo.

Outro ponto para Victor Carvalho é valor agregado junto ao produto. “Nós temos uma estratégia de entregar ao nosso cliente o melhor do nosso portfólio, e demos o foco para o R440 com o Opticruise. É a melhor cabine que temos em termos de conforto e produtividade para o motorista com a caixa mais econômica e que mais gera produtividade ao condutor”, avaliou.

A Scania é uma marca com imagem positiva junto aos caminhoneiros. Na página do Facebook do Brasil Caminhoneiro pedimos opiniões sobre o veículo. O motorista Luis Serrat, que puxa sucata de ferro de Seberi (RS) para Joinville (SC), e gesso de Cajati (SP) para Palmeira das Missões (RS), afirma gostar do caminhão. “É bom de média, ótimo de potência”. No entanto, o caminhoneiro faz uma ressalva sobre a direção: “é um pouco pesada, mas somente nas manobras”.

Essa visão é importante, uma vez que a Scania tem como foco o motorista. “Temos conseguido resultados baseados no boca-a-boca em relação ao que o motoristas tem falado do caminhão. Nós fizemos uma campanha estruturada de marketing no início do ano passado, fomos para a TV fazer a divulgação desse modelo, mas o que tem feito diferença é o caminhão, a performance que ele tem conseguido em termos de conforto e principalmente economia de combustível. Então isso tem gerado um barulho e percebemos uma procura muito forte dos clientes por este modelo”, analisou Victor Carvalho.

O desempenho nos extrapesados fizeram a Scania melhorar sua participação de mercado. O gerente de vendas, porém, deixa de lado a busca pelas primeiras posições no mercado total para se focar apenas nos segmentos que a empresa já atua, acima de 16 toneladas. “Nosso grande potencial de crescimento é nos semipesados. No nosso portfólio não temos produtos no médio, no leve ou no semileve. Sendo bem sincero, não estamos de olho no ranking como um todo, mas enxergamos a possibilidade de crescer acima de 16 toneladas, que esse é o foco da Scania. Hoje estamos em terceiro quando falamos acima de 16 toneladas, e essa é a posição que queremos manter, principalmente crescendo no semipesado”, concluiu.

Foto: Divulgação/ Scania

Tags : , ,

icones de serviços Imprimir Enviar Favoritar

Deixe seu comentário

Para enviar seu comentário, cadastre-se ou faça o login

Comentários

Scania R440 se destaca aproveitando transição para o Euro 5 » Blog do Caminhoneiro diz...

[...] Brasil Caminhoneiro Compartilhe isso!FacebookTwitterLinkedInGoogle [...]

Comentado em: 25/07/2013, 07:37