Eventos

Grupo ZF apresenta tecnologias de ponta para caminhões e ônibus na 64º Salão Internacional do Transporte de Hanover

18 de setembro de 2012 - terça-feira | 11:07

O Grupo ZF participará da IAA com uma série de produtos inovadores e produzidos com a tecnologia de ponta da engenharia europeia. As transmissões automáticas para caminhões e ônibus mostram uma inteligência artificial cada vez mais apurada para garantir maior produtividade, menor consumo de combustível, elevado conforto para motoristas e passageiros e reduzidas emissões de poluentes para o meio ambiente.

Em um estande com 680 metros quadrados, a ZF vai expor os produtos e soluções que já estão sendo utilizados por clientes e outras que entrarão no mercado em breve. Confira abaixo os principais destaques para o Salão de Hanover.

Transmissão TraXon

Com 16 velocidades (e até quatro rés opcionais), a transmissão automática TraXon para caminhões pesados oferece um torque na faixa de 2.800 a 3.500 Nm, podendo chegar a 4.000 Nm. Na comparação com uma transmissão manual, a redução de combustível foi elevada para 14% (dependendo da aplicação), enquanto os ruídos provenientes do funcionamento foram reduzidos em 6 decibéis na comparação com caixas automáticas de gerações anteriores.

A TraXon oferece o PreVision GPS, um software que integra mapas digitais que possibilitam o reconhecimento da topografia do terreno e indica, via GPS, qual a marcha adequada para reduzir o consumo de combustível e aumentar a durabilidade do trem-de-força. Integrado ao caminhão, o PreVision também pode evitar que o motorista engate marchas desnecessárias antes da hora.

Segundo o executivo Rolf Lutz, a produção em série da TraXon começa em 2014. O produto será aplicado inicialmente na Europa, mas a ZF não descarta a expansão da oferta do produto para outros mercados.

ZF-Ecolife

Já conhecida no Brasil, a ZF-Ecolife é a transmissão automática de 6 marchas que atinge uma redução de até 6% no consumo de combustível em operações de transporte de passageiros. Para ajudar a economizar combustível, há ainda o sistema AIS que coloca a transmissão em neutro quando o veículo está parado.

O software TopoDyn Life é responsável pelo reconhecimento de topografia e do peso transportado pelo veículo. A cada 10 metros percorridos, o TopoDyn decide e aplica a marcha ideal, adaptando-se a todo momento, sempre que o ônibus enfrentar um mudança na topografia, seja em aclive ou declive.

4-Point Link

A 4-Point Link é uma suspensão de eixo traseiro que reduz o peso de caminhão. Conceito comum na aviação, a produção de componentes mais leves tem sido adotada recentemente no setor de veículos comerciais. Ao “emagrecer” o chassi do caminhão, a ZF também consegue a redução do consumo de combustível junto com o aumento da capacidade de carga. Aumenta-se ainda o conforto na condução do veículo e reduz-se o desgaste em peças como rolamentos.

Ele é capaz uma série de componentes de ligação do chassi convencionais, reduzindo o peso total do eixo. Para conseguir a leveza, a ZF apostou em matérias-primas com fibras de materiais plásticos, que chegam a eliminar 11 quilos na comparação com as suspensões de gerações anteriores.

Eixo AVE 130

Com funcionamento elétrico, o eixo AVE 130 AVE para ônibus já provou sua robustez na Europa: desde 2010, a ZF testa 150 eixos em viações de transporte urbano, a maior parte em veículos articulados. Já foram alcançados 1,5 milhão de quilômetros sem surgimento de problemas de manutenção.

CDC 1XL

Pela primeira vez, a ZF apresenta a parte traseira de seus Amortecedores de Controle Contínuo (CDC, de Continuous Damping Control) para veículos comerciais. O CDC 1XL, como o sistema é chamado, melhora o conforto da condução e aumenta a segurança da carga.

Uma unidade eletrônica de controle é a responsável pela precisão do equipamento. Em situações de risco na estrada, o CDC ajusta o amortecimento para aumentar a segurança da carga.

(EH)

Foto: Divulgação

Tags : , ,

icones de serviços Imprimir Enviar Favoritar

Deixe seu comentário

Para enviar seu comentário, cadastre-se ou faça o login

Comentários

Nenhum comentário por enquanto.